BioMimetics

A BioMimetics desenvolveu um bio-aditivo para tintas marítimas que reduz a adesão de organismos marinhos a superfícies submersas em água, permitindo, consequentemente, reduzir o consumo efectivo de combustível dos barcos.

A adesão de organismos marinhos a superfícies submersas em água (biofouling) é uma preocupação para todas actividades marítimas: causa aumentos de custos devido ao aumento do consumo de combustível - que pode ir até 40% - e promove activamente a corrosão dos materiais.

Actualmente, a prevenção de biofouling faz-se através de tintas que contêm biocidas, 90% das quais contêm cobre como biocida. No entanto, o cobre tem um efeito limitado, é tóxico e está a ser progressivamente restringido, especialmente na Suécia e nalgumas regiões dos EUA.

Nesse sentido, são necessárias urgentemente soluções baseadas em tecnologias disruptivas, que sejam altamente eficazes e não poluentes para os mares.

A BioMimetics cria e disponibiliza soluções inovadoras, inspiradas pela natureza e optimizadas durante milhares de anos de evolução.

Ao contrário dos actuais biocidas, que possuem cobre, os bio-aditivos da BioMimetics para tintas maritimas antifouling derivam de compostos biológicos únicos, com um espectro de actividade sobre o controlo biológico muito amplo e sem impacto no ambiente.

As suas características únicas asseguram uma poupança efectiva ao nível do combustível, em navios e barcos em circulação, e da manutenção, mantendo a vida nos oceanos livre de perigo.

BioMimetics

informações do projecto

BioMimetics

Equipa

Investigadores: Patrick Freire, Gonçalo Costa e Romana Santos Instituições: Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e faculdades de Ciências e de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa Estudante de Gestão: Eduardo Abrantes Executivos: Frederico Ferreira e Helena Silva
Globaz © 2012 . ACT by cotec . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS