InovCarbon

A equipa InovCarbon transforma diferentes tipos de resíduos de biomassa em carvões ativados para remoção de compostos tóxicos, por exemplo em óleo vegetal para consumo humano.

O aumento da população mundial leva a uma grande pressão sobre o sector agrícola que necessita de usar intensivamente compostos químicos para garantir níveis crescentes de produção de alimentos.

Os carvões ativados são adsorventes com a capacidade de reter contaminantes na sua estrutura nanoporosa. Estes materiais são cruciais em processos de purificação de produtos de elevado valor, usados no dia-a-dia, desde produtos alimentares e água potável a compostos farmacêuticos.

O projeto InovCarbon permite transformar diferentes tipos de resíduos de biomassa em novos carvões ativados com propriedades que permitem solucionar problemas de contaminação com compostos tóxicos, dando origem a produtos com maior qualidade.

A equipa da InovCarbon reúne um vasto conhecimento na preparação de carvões ativados com a experiência em ambiente industrial, o que potencia o desenvolvimento de novos processos de produção industrial para a fabricação de materiais customizados às necessidades especificas das industrias.

Um dos materiais já desenvolvidos foi testado laboratorialmente com sucesso na purificação de óleo vegetal para consumo humano. Este material poroso removeu mais de 60% de um pesticida volumoso e lipossolúvel que se pretendia eliminar, tendo o carvão comercial de referência sido totalmente ineficiente. De momento o material está a ser otimizado para se atingirem remoções superiores a 90%.

InovCarbon

informações do projecto

InovCarbon

Equipa

Investigadores: Ana Sofia Mestre, Ana Paula Carvalho e João Lourenço Instituições: Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, e EngiScience Mentores: Frederico Ferreira e Gonçalo Andrade

Links

disponíveis

Globaz © 2012 . ACT by cotec . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS