ExtremoChem

ExtremoChem

A ExtremoChem desenvolve pequenas moléculas orgânicas, obtidas exclusivamente por síntese química, com propriedades estabilizadoras de proteínas.

Estes compostos vão ser usados para a estabilização de biofármacos, medicamentos instáveis à temperatura ambiente que têm que ser sempre conservados entre 2-8 ºC, usando-se para este efeito uma cadeia de frio. Esta cadeia de frio apresenta falhas, pondo em risco a eficácia e segurança destes medicamentos, e implica custos muito elevados para a indústria farmacêutica.

Além de estabilisar os biofármacos durante a sua distribuição e armazenamento, os novos compostos poderão ser adicionados à biomolécula durante a sua produção e/ou purificação, diminuindo a sua degradação e aumentando deste modo o seu rendimento de obtenção.

A investigação que deu origem à ExtremoChem foi desenvolvida no Instituto de Tecnologia Química e Biológica, UNL, e na Faculdade de Ciências, UL, e o seu plano de negócios foi desenvolvido pela equipa InnovChem durante o Programa COHiTEC 2011.

Globaz © 2012 . ACT by cotec . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS